Assine o Painel do Servidor e receba gratuitamente as principais notícias da semana.
Quero assinar!
Menos de 30%
SP: investimento em Educação abaixo do constitucional
Sex, 10 de Novembro de 2017 11:29

A Procuradoria-Geral de Justiça do Estado de São Paulo recebeu uma representação que acusa o Governo do Estado de querer investir menos do que deveria em Educação em 2018. O documento foi encaminhado ao procurador-geral de Justiça Gianpaolo Poggio Smanio no dia 31 de outubro. De acordo com a representação apresentada a Smanio, o Governo prevê destinar 25,76% da receita proveniente de impostos à Educação, percentual abaixo do definido pela Constituição Estadual, de 30%.


O documento destaca trecho do Projeto de Lei nº 902/2017, que orça a receita e fixa a despesa do Estado no exercício de 2018. No PL, o valor previsto para ser investido na área da Educação no próximo ano corresponde a 25,76% da receita do Estado. O artigo 255 da Constituição Estadual, no entanto, fixa o percentual mínimo de 30% a ser aplicado anualmente na manutenção e desenvolvimento do ensino público.


Além de solicitar a suspensão da tramitação do Projeto de Lei, a representação requer a instauração de um inquérito civil para investigar o descumprimento do dispositivo Constitucional e a violação da Lei de Improbidade Administrativa.



Com informações da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo


 
A Advocacia Sandoval Filho informa que o recebimento de e-mails estará suspenso entre os dias 17/12/2016 e 8/01/2017 por conta do período de recesso do Escritório.
Pedimos a gentileza de retornar o contato a partir do dia 9/01/2017. Agradecemos a sua compreensão.

fechar