Advocacia Sandoval Filho alerta: não existe um “Cartório de Precatórios de São Paulo”

Advocacia Sandoval Filho alerta: não existe um “Cartório de Precatórios de São Paulo”

Além das tentativas de golpe por telefone, e-mail e até WhatsApp, os credores de precatórios precisam ficar atentos também ao recebimento de correspondências falsas remetidas por um suposto “Cartório de Precatórios de São Paulo” ou “Cartório de Precatórios da Comarca de São Paulo”. Isto porque esses cartórios não existem. Qualquer referência a valores disponíveis ao credor que exijam um determinado pagamento para o custeio de taxas processuais, portanto, é enganosa.

Como funcionam os golpes por carta

Os criminosos enviam cartas utilizando linguagem complexa, repleta de termos jurídicos, para notificar a vítima de que há um montante disponível referente a um processo movido contra um ente público. Mas que, por ultrapassar certo valor em reais, a vítima não poderá receber esse montante sem pagar custas processuais. Essa é uma clara tentativa de golpe.

Quem faz a gestão dos pagamentos de precatórios do Estado de São Paulo é o Tribunal de Justiça, por meio da Diretoria de Execuções de Precatórios e Cálculos (Depre). Além disso, quando se trata do efetivo pagamento do precatório ao credor, não existem taxas ou custas processuais a serem pagas.

Diante dessa situação, a Advocacia Sandoval Filho orienta aos credores que:

  1.  NÃO efetuem nenhum depósito. E verifiquem a veracidade de qualquer correspondência referente a créditos a receber com seu advogado de confiança.
  2. Levem a correspondência falsa a uma delegacia de Polícia e registrem um Boletim de Ocorrência denunciando a tentativa de golpe.

Em caso de dúvida, os clientes da Advocacia Sandoval Filho podem entrar em contato pelos telefones (11) 3638-9800 ou (11) 3249-4800. Também é possível enviar um e-mail para sandovalfilho@sandovalfilho.com.br

(Imagem: MIND_AND_I/iStock.com)

Compartilhe
menu
menu
Atualizado: 26/11/2021