Criminosos usam nome do Tribunal de Justiça para aplicar golpes em credores de precatórios

Criminosos usam nome do Tribunal de Justiça para aplicar golpes em credores de precatórios

O Tribunal de Justiça de São Paulo está constantemente alertando os cidadãos quanto a tentativas de golpe que levam o nome do Tribunal. Em comunicado recente, o TJ informou que estelionatários vêm usando o nome e o logotipo do órgão para tentar enganar pessoas – especialmente credores de precatórios.

Os criminosos fazem contato por diferentes meios: cartas, mensagens por WhatsApp, ligações e e-mails com links suspeitos. A abordagem é sempre parecida. Os golpistas se passam por servidores do TJ-SP para solicitar dos credores depósitos que não existem.

“O Tribunal de Justiça não solicita depósitos e nem adiantamentos de taxas, custas processuais ou impostos para o recebimento de valores. O credor não precisa depositar nada”, destaca a nota.

O comunicado também orienta os credores que receberem mensagens ou ligações suspeitas a registrarem Boletim de Ocorrência junto à Polícia Civil.

Leia a íntegra do comunicado no site do Tribunal de Justiça de São Paulo clicando aqui.

 

(Imagem: BrianAJackson/iStock.com)

Compartilhe
menu
menu
Atualizado: 27/05/2022