Assine o Painel do Servidor e receba gratuitamente as principais notícias da semana.
Quero assinar!
SP-PREVCOM
Estado adere automaticamente novos servidores ao Plano de Previdência Complementar
Qui, 22 de Março de 2018 11:21

O Governo do Estado sancionou a Lei nº 16.675/2018 que inclui, de forma automática, novos servidores na Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (SP-PREVCOM) assim que entrarem em exercício na função pública. Entrarão no Plano de Previdência Complementar os servidores com remuneração superior ao teto do INSS, que é de R$ 5.645,80. A contribuição será de 7,5% sobre a parcela da remuneração que ultrapassar o valor do teto do INSS, em paridade com o Governo, que depositará a mesma quantia. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 14 de março.

 


Com o objetivo de simplificar o acesso ao benefício, a nova regra altera artigos da legislação que instituiu o regime de previdência complementar estadual. A partir dessa mudança, a adesão do servidor ocorrerá no momento do efetivo exercício da função em cargo vinculado ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). A norma legal estabelece também um prazo de 90 dias para que o servidor possa decidir se permanece ou não no plano. Em caso de cancelamento, é assegurada a restituição integral das contribuições em valores corrigidos.


As mudanças devem ser incluídas no regulamento do plano PREVCOM RP (destinado aos servidores do Regime Próprio de Previdência Social – SPPREV) e submetidas à Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). Com a aprovação do órgão federal, passarão a ser aplicadas a todos os novos funcionários concursados.

 

Confira aqui a íntegra da Lei Estadual nº 16.675, de 13 de março de 2018.



Todos os servidores em atividade podem aderir


De acordo com a Lei Estadual nº 16.391/2017, podem aderir ao plano todos os servidores em atividade, inclusive os que ingressaram no serviço público anteriormente à instituição do regime, desde que vinculados exclusivamente ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS).



Com informações do Portal do Governo do Estado de São Paulo


 
A Advocacia Sandoval Filho informa que o recebimento de e-mails estará suspenso entre os dias 17/12/2016 e 8/01/2017 por conta do período de recesso do Escritório.
Pedimos a gentileza de retornar o contato a partir do dia 9/01/2017. Agradecemos a sua compreensão.

fechar